iniciação à soldadura

Programa

1. Noções de eletricidade básica

2. Descrição do funcionamento dos processos de soldadura electro-manual revestido e semi-automática;

3. Máquinas de soldar: equipamentos e acessórios;

4. Tipos de consumíveis usados e suas aplicações: eletrodos e fios;

5. Procedimentos de soldadura e modos operatórios;

6. Defeitos dos processos. Técnicas operatórias de regulação dos parâmetros de soldadura que permitam evitar os defeitos observados;

7. Cuidados genéricos na utilização e manutenção dos equipamentos e acessórios;

8. Exercicios práticos.

 

Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 120 horas
Regime: Laboral

 

candidate-se

soldadura TIG

Programa


1. Tecnologia de soldadura

Descrição do funcionamento do processo de soldadura TIG a árgon;

Máquinas de soldadura e equipamento necessário ao processo de soldadura TIG a argon;

Procedimentos de soldadura e modos operat6rios;

Defeitos típicos do processo;

Pré-aquecimento e alívio de tensões.

 

2. Processos oficinais de soldadura

Soldadura de tubos de aço ao carbono com chanfro;

Defeitos de soldadura observados no processo TIG a árgon;

Suas causas e técnicas operatórias de regulamentação dos parâmetros de soldadura que permitam evitar os defeitos observados.

 

Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 120 horas
Regime: Laboral
candidate-se

soldadura oxi-acetilénica

Programa

1. Equipamento geral de uma instalação de oxi-acetileno. Fontes de abastecimento dos gases a utilizar;

2. Tipos de maçaricos e respetivos acessórios;

3. Regulação da chama;

4. Qualidade de soldadura e cuidados a ter;

5. Exercícios práticos de soldadura em ângulo e topo a topo, em chapa e tubo.

 

Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 80 horas
Regime: Laboral
candidate-se

oxi-corte

Programa

1. Equipamento geral de uma instalação de oxi-acetileno. Fontes de abastecimento dos gases a utilizar;

2. Tipos de maçaricos e respetivos acessórios;

3. Regulação da chama;

4. Qualidade de soldadura e cuidados a ter (normas de segurança);

5. Exercícios práticos de corte direito e em ângulo de chapa de aço com espessuras de 8 a 14mm;

6. Corte manual;

7. Corte com máquina automática.

 

Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 40 horas
Regime: Laboral
candidate-se

manutenção de válvulas

Programa

1. Válvulas: Definição, tipos, classificação, função, forma, pressão, utilização;

2. Constituição de uma válvula;

3. Tipos de flanges, juntas e empanques;

4. Montagem e desmontagem de valvulas: Acessórios de ligação;

5. Reparação de uma válvula, vedação, manufatura de junta;

6. Corte e colocação de empanques e teste de funcionamento;

7. Manutenção de válvulas.

 
Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 24 horas
Regime: Laboral
candidate-se

serralheiro de tubos

Programa

1. Ferramentas e máquinas - ferramenta utilizadas pelo serralheiro de tubos;

2. Desenho isométrico - tecnologia de informação;

3. Processos operatórios;

4. Corte e roscagem de tubos;

5. Colocação de flanges nivelamento e pingagem;

6. Abocardar, pingar soldar tubos de yorcalbro;

7. Cerceamento de tubos;

8. Nós de brasagem;

9. lnstalação de diversas linhas de encanamentos, segundo desenho isométrico.

 

Local: Setúbal ou espaço a designar pelo cliente
Carga horária: 120 horas
Regime: Laboral
candidate-se